Senepol e JetBov são notícia no CO

A JetBov, empresa de tecnologia de Santa Catarina, será responsável por desenvolver uma interface capaz de integrar as várias fontes de informação que abastecem atualmente o banco de dados da ABCB Senepol dentro do Programa de Melhoramento Genético da raça Senepol (PMGS).“Como a qualidade das informações que são coletadas nas fazendas ou nas provas zootécnicas pode interferir nos rumos do melhoramento da raça, é fundamental estruturarmos todo esse processo que gera dados para os quatro pilares do PMGS”, informa o presidente da ABCB Senepol, Pedro Crosara Gustin.

Atualmente, o programa recebe de forma individual os dados gerados pelo Serviço de Registro Genealógico pelas provas zootécnicas (incluindo as intrarrebanho) e pelas informações genômicas. Essas informações abastecem o Arquivo Zootécnico Nacional do Senepol (AZNS) e são utilizadas pela Embrapa Gado de Corte para gerar as avaliações genéticas dos animais. “Agora, teremos um sistema totalmente integrado, com funcionamento remoto. Os nossos técnicos poderão, por meio de um software, enviar os dados dos rebanhos inspecionados para nosso sistema central”, assegura Crosara. A expectativa é de que, até o final do ano, o aplicativo já esteja sendo utilizado pelos técnicos.

Para o diretor-executivo da JetBov, Xisto Alves, a tecnologia vem para agregar mais segurança e rapidez à coleta de dados para o PMGS. “Somos uma empresa de tecnologia com a missão de levar inteligência e tecnologia à cadeia produtiva da carne. Temos mais de 500 mil animais gerenciados pela nossa plataforma e atuamos em mais de 20 estados”, destaca. A JetBov é pioneira no Brasil no desenvolvimento de softwares para gestão zootécnica/econômica de fazendas que atuam na produção de gado de corte, incluindo todas as etapas: cria, recria e engorda. O aplicativo para celular permite a coleta de dados em campo, mesmo sem acesso à internet.

 

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com