ABCZ orienta sobre acasalamentos de curral

O Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos – PMGZ, coordenado pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, constitui uma importante ferramenta cujo objetivo é fornecer meios para o progresso genético, e consequentemente aumento na produtividade, dos rebanhos zebuínos registrados.

Este programa se fundamenta na seleção e acasalamento de touros e matrizes, que são realizados com base em resultados de cálculos avançados combinados com a consistente avaliação visual dos técnicos habilitados do Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas.

A ABCZ, com o intuito de tornar mais acessível aos criadores proprietários de até 30 matrizes a ferramenta completa de seleção e acasalamento do PMGZ, está oferecendo a disponibilização do SIAG (Sistema Integrado de Avaliação Genética) mais o acasalamento no curral das matrizes de sua propriedade, acompanhado por um técnico habilitado do Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas, pela simples adesão ao PMGZ (módulo 2). O acasalamento será feito durante o atendimento de rotina para realização dos serviços de RGN/RGD ou pesagens do Controle do Desenvolvimento Ponderal (CDP), razão pela qual está restrito aos criadores com até 30 matrizes participantes do PMGZ.

O Sistema Integrado de Avaliação Genética (SIAG) é um sistema interativo que permite classificar e selecionar matrizes e touros, para posteriormente simular todos os acasalamentos possíveis entre os animais escolhidos, com base nos resultados numéricos da Avaliação Genética Nacional das Raças Zebuínas.

As matrizes de sua propriedade poderão ser classificadas de acordo com as DEPs (diferença esperada na progênie) de interesse, sejam essas referentes a características de crescimento, habilidade maternal ou reprodução, ou ainda pelo índice ABCZ, que pondera diferentes características de acordo com sua importância econômica. Filtros específicos, como de idade, TOP e acurácia das DEPs, e coeficiente de endogamia (F) também estão disponíveis para a ordenação criteriosa das fêmeas em reprodução.

Após a ordenação e escolha das matrizes, as mesmas ferramentas poderão ser aplicadas para seleção dos touros que serão utilizados nos acasalamentos, que podem ser do próprio criatório ou de centrais de inseminação artificial. Nessa etapa, o SIAG auxilia na busca dos reprodutores com o melhor perfil, de acordo com suas avaliações genéticas.

Uma vez selecionados os touros e as matrizes, será possível a simulação de todos os acasalamentos possíveis entre esses animais. Os resultados incluirão DEPs, acurácias, TOPs e endogamia dos possíveis produtos. Neste ponto o criador poderá aplicar filtros adicionais para eliminação de acasalamentos indesejáveis. Essas informações poderão ser exportadas para fichas de curral e/ou planilhas em Excel.

Com os resultados dos acasalamentos em mãos, o técnico habilitado do Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas combinará as informações do SIAG com as informações oriundas de sua análise visual dos animais para proceder os acasalamentos no curral. Essa análise visual é de extrema importância, pois vários itens não são contemplados pelas DEPs, como por exemplo, harmonia, raça, aprumos, pelagem, expressão de caracteres sexuais secundários, entre outros.

Deste modo, a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu oferece à vossa senhoria o serviço completo do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos que certamente contribuirá para a evolução zootécnica de seu rebanho de seleção.

Para aderir ao PMGZ (módulo 2) ou obter mais informações, entre em contato conosco pelos telefones (34) 3319 3843 (falar com Ismar) ou pelo e-mail {{pmgz@abcz.org.br}}

Luiz Antonio Josahkian | Superintendente Técnico ABCZ

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com