ASBIA divulga balanço das vendas de sêmen para imprensa nacional

O presidente da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA), Sérgio Saud, concedeu nesta segunda-feira (25), em São Paulo/SP, uma série de entrevistas a veículos de comunicação sobre o desempenho do segmento de genética no primeiro semestre de 2017. Durante o Road Show Grupo Publique & ASBIA, Saud esteve acompanhado do presidente do Grupo Publique Carlos Alberto Silva, o Carlão da Publique, e do coordenador de Conteúdo da empresa, o jornalista Gualberto Vita.

Dados do relatório semestral Index ASBIA 2017 divulgados hoje mostram que o houve um crescimento nas vendas internas (+7,6%) e nas exportações de sêmen (+60,4%) no primeiro semestre do ano. O presidente da ASBIA destacou o bom desempenho da pecuária leiteira, que cresceu 24,8%. Segundo ele, a inseminação artificial vem sendo cada vez mais utilizada nos rebanhos leiteiros e hoje já atinge 15,5% das vacas em idade reprodutiva. Esse número sobe para 33,1% no Sul do Brasil. “A expectativa é de que o segundo semestre tenha desempenho semelhante no leite, com aumento nas vendas em torno de 20%. As raças Girolando e Gir Leiteiro estão entre as que mais venderam sêmen.”, explica Saud.

Em relação à pecuária de corte, que fechou o primeiro semestre com leve queda de 3,4%, a expectativa é que a situação se inverta no segundo semestre por conta do início da estação de monta em todo o país. Saud acredita que as raças de corte devem fechar o ano com crescimento entre 3% e 5% nas vendas. Até o momento, as raças Nelore e Angus figuram como as maiores vendedoras de sêmen. “Houve um crescimento significativo da raça Nelore, em decorrência da reposição de fêmeas. É uma raça que se confirma como boa produtora de fêmeas. Vale destacar também o bom desempenho das raças Brangus, Hereford e Braford, além do Senepol”, afirma o presidente da ASBIA.

Segundo ele, os pecuaristas precisam investir mais em IATF para elevar a rentabilidade dos negócios. “Independente do tamanho do rebanho, é possível adotar a técnica. A ASBIA está à disposição dos pecuaristas para ajudar na implantação de um projeto de IATF”, explica.

Durante o Road Show ASBIA, Sérgio Saud esteve no Canal do Boi, onde foi entrevistado pelos jornalistas Valter Puga, do Programa Mercado do Campo, e Antônio Reche, do Programa Mercado Futuro. No jornal DCI (Diário do Comércio e Indústria), a entrevista foi concedida à jornalista Marcela Caetano. Na sede da DBO Editores, responsável pela publicação das revistas DBO, Mundo do Leite e AgroDBO, Saud conversou com o editor da revista DBO, Moacir de Souza José, e com o jornalista Denis Cardoso. O diretor da revista Nelore Daniel Bilk Costa também recebeu Saud para um almoço. O Road Show foi finalizado no Canal Rural para uma participação no Jornal da Pecuária, conduzido pelo apresentador Sérgio Braga.

Veja fotos do Publique Road Show:

Saud e Mauro Ortega, do Giro do Boi

 

Saud e Antonio Reche, do Programa Mercado Futuro

 

Saud e Valter Puga, do Mercado do Campo

 

Saud e a repórter Marcela Caetano, do DCI-SP.

 

Saud com Moacir José, da DBO, e Denis Cardoso, da Mundo do Leite

 

Entrevista para o Portal DBO

 

Saud e Sergio Braga, no Jornal da Pecuária