Boi: mercado de reposição em marcha lenta

Valorização do bezerro, garrote e boi magro foi maior que a da arroba de boi gordo

Dentre as categorias, há maior demanda por aquelas mais eradas, para rápida terminação e aproveitamento dos preços do boi gordo.

Em São Paulo, nos últimos sete dias, segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi magro (12@) teve valorização de 0,5%. Atualmente são necessárias 13,4 arrobas de boi gordo para a compra de uma cabeça de boi magro, valor 11% maior quando comparado a igual período do ano passado.

Na comparação da média de 2015 com 2014, considerando-se todos os estados pesquisados já citados, o bezerro desmamado (6@), o garrote (9,5@) e o boi magro (12@) acumularam alta de 38,3%, 32,6% e 28,7%, respectivamente.

Tais valorizações foram maiores que o aumento de 16,9% no preço da arroba do boi gordo no mesmo período, o que levou a perda do poder de compra do pecuarista que faz recria e/ou engorda.

Em curto prazo a expectativa é de baixa movimentação no mercado. As negociações, ainda em processo de retomada, e os altos preços da reposição colaboram para esse cenário.

Fonte: Scot Consultoria

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com