Brasileiro preside órgão máximo de qualidade de alimentos

Por Jamil Chade, correspondente, O Estado de S.Paulo

Em meio ao escândalo da Operação Carne Fraca e das revelações da JBS de que a empresa pagou um “mensalinho” para cerca de 200 fiscais do Ministério da Agricultura, o governo de Michel Temer conseguiu eleger à presidência da Comissão do Codex Alimentarius (CAC) o fiscal federal agropecuário e médico veterinário Guilherme Antonio da Costa Jr.

Guilherme Costa Jr.

O órgão criado pela FAO e pela OMS nos anos 60 é a referência internacional na proteção da saúde do consumidor e instância máxima para a determinação de padrões de controle.

O Codex é ainda responsável por regras de rotulagem de alimentos, aditivos, resíduos de pesticidas e procedimentos de avaliação de alimentos derivados da biotecnologia moderna.

Além disso, emite orientações para o tratamento de sistemas de inspeção e certificação oficiais na importação e exportação de alimentos.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com