Carpa treina profissionais de comunicação! 

Jornalistas, publicitários e administradores visitaram a Carpa Serrana para encerrar a convenção anual do Grupo Publique.

Quando os profissionais de uma empresa de comunicação especializada em agronegócios decidem atualizar conhecimentos, estimular talentos e ampliar horizontes de visão, ‘beber na fonte’ é uma boa opção. Foi exatamente isso o que aconteceu com o time da Publique. A agência de publicidade, propaganda e assessoria de imprensa está no mercado há três décadas. Sua equipe, uma das mais reconhecidas do País não só por desenvolver campanhas premiadas, mas também pelo entendimento integral das necessidades do setor rural, colocou o pé na estrada e visitou a Carpa Serrana, um dos mais importantes criatórios da raça Nelore no País.

Nas baias dos animais, o grupo de 12 pessoas teve a oportunidade de ver bem de perto e de interagir com as doadoras, as novilhas e os garrotes. Doracy FIV Carpa, matriz premiada que vai encerrar a carreira de pista na Expoinel Minas 2019, foi a mais requisitada para fotos ao lado dos jornalistas, publicitários, administradores e do CEO do Grupo, Carlão da Publique. “Nosso time está espalhado por várias regiões. A maior parte dos profissionais tem bastante afinidade com o campo, mas aqueles que atuam em grandes centros têm menos oportunidades de viver experiências como essa. Assim como nas outras fazendas e empresas que visitamos durante nossa convenção, aqui na Carpa, o encantamento foi geral. Sentir o cheiro do pasto, do volumoso, do curral, bem como poder conversar com os tratadores e fazer uma selfie com a Doracy, são situações que ativam sensações e emoções. E todo o processo criativo fica melhor quando o conhecimento é trabalhado com sentimento”, avaliou Carlão.

O apresentador do “Fala Carlão”, programa de entrevistas veiculado pelo Canal Rural, aproveitou para gravar participações com o gerente de pecuária da Carpa, Luís Otávio Pereira Lima, e com o criador Eduardo Biagi.

“É bom ver essa empolgação dos profissionais da Publique pelo setor e o cuidado com que tratam os assuntos do nosso interesse. Para nós, da Carpa, é uma honra poder receber o grupo como um representante da pecuária nacional. Falar de melhoramento genético, mercado e desafios da cadeira produtiva é essencial. Observar a curiosidade de todos pelo nosso trabalho e ver como as ideias surgem no meio do bate-papo é muito enriquecedor”, disse o gerente.

Além da visita aos pavilhões do Nelore Carpa, em Serrana (SP), a equipe da Publique assistiu a uma apresentação do criador Eduardo Biagi, no auditório da Usina da Pedra. O selecionador contou a história da empresa, apresentou a estrutura das unidades de São Paulo e de Mato Grosso. O pioneirismo da Carpa no uso de tecnologias de reprodução assistida, os conceitos de seleção que fizeram do plantel um dos melhores do Brasil, a adoção de sistemas integrados de produção e a versatilidade na definição de novos focos para a bovinocultura comercial também foram destacados na palestra. “O trabalho desenvolvido por uma agência é fundamental para fortalecer o setor agropecuário e fazer com que a população em geral entenda a importância do trabalho de quem produz alimento. Eu me sinto honrado por a Carpa ser um dos ‘cases de sucesso’ escolhidos pela turma da comunicação e da publicidade. Sou amigo do Carlão e cliente da Publique há muitos anos. Tenho orgulho de participar da história da agência e de a empresa fazer parte da história da Carpa”, falou Biagi.

Sobre a Carpa – A Carpa seleciona Nelore há quase 50 anos e sempre foi um criatório inovador. A empresa pecuária foi a primeira do Brasil a fazer Transferência de Embriões, realizar abates técnicos na raça Nelore e utilizar receptoras Nelore em seus programas de reprodução assistida. O trabalho da Carpa é considerado um dos melhores e de mais relevância no Brasil, especialmente quando o assunto é novilho precoce e animais de alta qualidade. Com um rebanho de mais de 30 mil cabeças, o criatório ganhou notoriedade por unir o conceito de melhoramento com base em avaliações genéticas ao de seleção morfológica. As unidades Fazenda Fazendinha, em Serrana, SP e Cibrapa, localizada em Barra do Garças, MT são modelos na implantação de tecnologias e conceitos de sustentabilidade como sistemas integrados de produção.