Coluna AgroNotícias, por Maurício Picazo Galhardo

COMPLIANCE

Após o duro golpe da operação desastrosa da polícia federal, Carne Fraca, amargando um prejuízo de mais ou menos R$ 2 bilhões, o ministro da Agricultura está pensando seriamente em implantar no Brasil o Compliance, que é o conjunto de disciplinas para comprimento das normas legais. A palavra compliance tem origem no verbo em inglês to comply que significa agir de acordo com uma regra, uma instrução interna, um comando ou um pedido. Na história do Compliance está a CGU e o Instituto Ethos que em junho de 2009 publicaram o documento ” – A responsabilidade Social das Empresas no Combate à Corrupção”, o primeiro guia brasileiro para orientar as ações das empresas que querem um ambiente íntegro e de combate à corrupção. Sem dúvida alguma que esta é uma reação saudável do ministro da Agricultura para que nunca mais aconteça corrupção alguma no Ministério da Agricultura do Brasil. Parabéns ao ministro Blairo Maggi.

DNA DOS PEIXES
O Brasil, está à frente em vários setores da economia, do comércio e indústria. O brasileiro é esforçado e sempre colabora para melhoras as coisas para todos e para todo o mundo. O Laboratório Nacional Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), localizado em Goiânia (GO), agora é referência nacional e mundial pois implementou o sequenciamento genético (DNA) de 11 espécies de peixes de àgua doce brasileiros, que se encontram disponíveis no banco de dados do Bold Systems da University of Guelph, em Ontário, no Canadá. A identificação é muito importante para a pesquisa, e o manejo e na sustentabilidade, além de viabilizar a detecção de fraude ou substituição delas em transações comerciais.

CATI 50 ANOS
A Coordenadoria de Assistência Integral (Cati), estará comemorando dia 20 de junho, 50 anos. Seu início foi em 20 de junho de 1967. A Cati tem sido uma verdadeira benção para o homem do campo especialmente o pequeno e médio produtor rural. O governador Geraldo Alckmin disse:  “Não existe mais o amadorismo no setor rural, sendo hoje altamente profissionalizado. Portanto, por mais que o clima seja favorável para o produtor rural, ele necessita do conhecimento da pesquisa e da sustentabilidade para o seu negócio e a responsável por levar isso ao agricultor de São Paulo é a CATI”, disse. Alckmin lembrou da história e do trabalho do pai, que trabalhou cerca de 40 anos fazendo a extensão rural. “Meu pai trabalhou na SAA e constantemente buscou levar ao produtor toda sua experiência e conhecimento, com o objetivo de melhorar a renda e a vida do homem do campo e isso sempre me orgulhou”, disse ele.
FIESP
O setor do agronegócio vai muito bem, obrigado;  em todo o Brasil. O departamento de agronegócio da Fiesp, Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, destacou que o resultado do PIB do agronegócio no Estado apresentou alta de 7,4% em 2016 para 13,8% do PIB total do Estado e 18,7% do PIB do agronegócio brasileiro. O levantamento foi feito em parceria com o Cepea, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq/USP.

LANÇAMENTO DE BISCOITO
A Embrapa que comemorou 44° anos de fundação, tem também um legado de trabalho árduo em pesquisas que ajudam muito nosso país se desenvolver e crescer. A boa notícia é que os pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ) em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, desenvolveu um novo produto no mercado de alimentos em nosso país. Trata-se de biscoitos raríssimos em seu sabor, conteúdo e aparência, pois a base é feita de uma farinha multicereais de milho, arroz e sorgo. O recheio é de abacaxi, açaí ou goiaba. O produto não contém glutem, corantes e tem baixo teor de calorias. A Embrapa está em busca de parceiros para colocar no mercado os biscoitos. 

AGRO BRASÍLIA 2017
A AgroBrasília está completando este ano dez anos. Será realizada este ano dos dias 16 a 20 de maio. O local do evento é: Àrea de Proteção Ambiental do Planalto Central – BR-251, Km 5, s/n – Zona Rural, Brasília, DF, Brasil.