Coluna AgroNotícias, por Maurício Picazo Galhardo

FEBRE AFTOSA. Finalizou-se nacionalmente o processo de erradicação da febre aftosa no Brasil. Em abril deste ano, completaram-se 11 anos sem registro de ocorrência de aftosa no país. No último dia 5, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, em cerimônia no Amapá, declarou tratar-se do “coroamento de 60 anos de trabalho para o Brasil ser livre de aftosa com vacinação”.

FRUTAS E HORTALIÇAS. O Brasil foi aceito como país integrante do Esquema de Frutas e Hortaliças da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), entidade que promove ações de facilitação do comércio internacional para simplificação da inspeção, utilizando padrões internacionais de classificação e controle da qualidade. A OCDE decidiu pela aceitação na reunião plenária anual do Esquema em 7 de dezembro, em Paris, França. O Brasil é o primeiro país da América Latina.

REGIÃO NORTE. O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) avalia que o escoamento da safra de grãos destinada ao mercado externo acontecerá cada vez mais pela região norte do país, chegando a 40% do total, até lá. “É uma realidade que aos poucos está acontecendo. Cada vez que se manda uma mercadoria pelo Norte, são aliviados os portos do Sul e a vida dos produtores de lá”, disse o ministro.

QUEDA DA INFLAÇÃO. O comportamento dos preços dos alimentos mais uma vez contribuiu para conter a inflação, que está estimada em 2,88%, no fechamento do ano, segundo o Relatório Focus. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de novembro ficou em 0,28%. O acumulado no ano está em 2,5%, representando o menor resultado para um mês de novembro desde 1998. Os grupos Alimentação e bebidas (A&B) (-0,38%) e Artigos de residência (-0,45%) foram os únicos com queda nos preços.

AGRO+ INTEGRIDADE. O presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e os diretores de Pesquisa e Desenvolvimento, Celso Moretti, e de Administração da Empresa, Lúcia Gatto, participaram dia (12/12) da cerimônia de lançamento do selo Agro+ Integridade, prêmio de reconhecimento às empresas e entidades do setor que adotam práticas de governança e gestão capazes de evitar desvios de conduta e de fazer cumprir a legislação, em especial, a Lei Anticorrupção (Lei 12.846, de 1º de agosto de 2013). Participaram da solenidade o presidente Michel Temer e o ministro da Agricultura.

EMBRAPA TERRITORIAL. Os cerrados, a macrologística agropecuária e a as áreas de preservação da vegetação nativa dentro dos imóveis rurais brasileiros serão objetos dos três principais sistemas de inteligência, monitoramento e gestão da Embrapa Territorial, para os próximos anos. O novo centro de pesquisa da Embrapa foi inaugurado segunda-feira dia (11), em Campinas (SP), pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi.

MINAS GERAIS. Para comemorar os 69 anos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) – a primeira do setor fundada no país – a Secretária Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) realizou, quarta-feira dia (6) uma entrega simbólica de 184 veículos para renovação e qualificação da frota da instituição que auxilia no trabalho em campo.

FUNRURAL. O Senado aprovou o PLC 165/2017, na quinta-feira (14), que institui o Programa de Regularização Tributária Rural, com relatoria favorável do senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Originário da Câmara dos Deputados, o PLC reduz a alíquota de contribuição do empregador rural pessoa física e do segurado especial de 2% para 1,2%.

TECNOLOGIA NUCLEAR. Depois de obter sucesso no controle da mosca-das-frutas com tecnologia nuclear, pesquisadores argentinos querem lutar contra o vírus Zika, a dengue e o chikungunya utilizando os mesmos métodos. A Organização de Alimentos e Agricultura das Nações Unidas (FAO) e a Agência de Energia Atômica Internacional apoiaram os estudos argentinos sobre o tema desde os anos 1990. A Argentina tem uma longa história de aplicação bem-sucedida da técnica.

(Texto(s): Mapa, Embrapa, Sead, FPA – Frente Parlamentar da Agropecuária, Agrolink)