DSM aposta em 5 milhões de cabeças confinadas

Projeção está baseada na expectativa de queda no preço do milho e sustentação da arroba no mercado futuro

Segundo Marcos Baruselli, gerente de confinamento da DSM /Tortuga, o crescimento médio dos confinamentos brasileiros em 10 anos foi de 8%. Ritmo que deve ser mantido em 2016, mesmo com o atraso no primeiro giro e os riscos de quebra na safrinha de milho.

Confira a entrevista

Fonte: Portal DBO

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com