Fala Carlão destaca peculiaridades da Agro Maripá

O presidente do Grupo Publique, Carlos Alberto, esteve do dia 18 a 20 de abril na Fazenda Gairova da Agro Maripá em Juara (MT).

“Uma fazenda preocupada não somente em produzir carne dentro dos padrões internacionais de sustentabilidade, mas também e, principalmente, está preocupada com a formação dos seus jovens, das pessoas que trabalham na propriedade”, enfatizou Carlão da Publique que conheceu a escola que fica na fazenda. O proprietário da Agro Maripá, Marcelo Baptista de Oliveira destacou que os filhos de todos os funcionários podem estudar nessa escola que é municipal e fica dentro da fazenda. Ele conta com o apoio da prefeitura. Durante entrevista ao programa Fala Carlão, Marcelo destacou que será construída uma biblioteca para os alunos e valorizou o ensino realizado dentro da sala de aula e no campo.

O presidente do Grupo Publique conheceu a apartação dos touros da Agro Maripá, trabalho na produção de animais de alta funcionalidade, com fidelidade ao padrão racial. Esses touros irão participar do PNAT, Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens da ABCZ, que acontece durante a ExpoGenética que acontece de 20 a 28 de agosto em Uberaba.

O âncora do programa também conheceu de perto a reserva de manejo florestal sustentável da Agro Maripá. Ele mostra as árvores de corte e trabalho criterioso de sustentabilidade da empresa.

A integração lavoura e pecuária da Fazenda Gairova também é destaque. O diretor da Agro Maripá, Luis Otávio Pereira Lima, mostra a produção de milho para alimentação do gado que multiplica a capacidade de engorda da Fazenda

Em uma das edições do programa, o âncora apresenta as novilhas Nelore da parceria Agro Maripá e Clarifide.

Marcelo Baptista de Oliveira enfatiza a produtividade da Agro Maripá, mostra o momento da apartação e a escolha dos melhores bezerros, que ele faz questão de participar de toda a seleção.

Durante a visita à Fazenda Gairova, Carlão da Publique conheceu a “Reunião do Bom Dia”. Todos os dias as equipes da Maripá têm uma reunião às 6h para ver qual é ordem do dia e dizer bom dia. “A idéia é fazer com que as pessoas participem da reunião do bom dia e para facilitar já saiam com a programação do dia de trabalho. Essa reunião também possibilita a união e afinidade entre os funcionários”, explicou Marcelo.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com