Genética Aditiva: uma fábrica de reprodutores superprecoces

Em entrevista ao Portal DBO, o diretor da Genética Aditiva Eduardo Coelho conta como a ciência ajudou em seu trabalho de melhoramento genético: no ano passado, teve touros produzindo sêmen, em média, aos 17 meses de idade. Ele também falou sobre as expectativas para o 14º Megaleilão, que será no dia 5 de agosto, em Campo Grande (MS).

Há mais de 30 anos atuando na seleção do Nelore, a Genética Aditiva tem um dos mais respeitados trabalhos de melhoramento genético do Brasil e em 2016 alcançou a marca de mais de 260.000 doses de sêmen comercializadas, representando 8% do mercado de sêmen do Nelore.

A empresa tem mais de 30 touros em centrais de inseminação, com destaque para REM USP e REM Caballero, este último valorizado em mais de R$ 4,6 milhões ao ter 10% de sua propriedade arremata por R$ 460.000 em um leilão em agosto de 2015.

A entrevista fez parte do Publique Road Show, que consiste numa série de visitas aos principais veículos de comunicação do agronegócio brasileiro. Eduardo Coelho foi acompanhado pelo presidente Carlão da Publique e pelo jornalista Renato Ponzio Scardoelli.

Confira na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=AYSIXgNOqWk 

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com