Genética Aditiva vence prêmio As Melhores da Dinheiro Rural

Pela terceira vez em cinco edições, a Genética Aditiva conquistou o Prêmio As Melhores da Dinheiro Rural na categoria Genética Nelore. O proprietário e diretor da empresa, Eduardo Folley Coelho, recebeu o troféu de Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, presidente da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), durante a festa de premiação, realizada nesta noite de segunda-feira (27), na casa de eventos Tom Brasil, na capital paulista.

Eduardo Coelho agradeceu e parabenizou a Editora Três pela iniciativa. Para ele, o prêmio é um esteio importante para o desenvolvimento das atividades e negócios do setor pecuário.

“Somos a Melhor Fazenda de Genética Nelore do Brasil pela terceira vez. Trata-se de uma honraria que reconhece o trabalho de mais de três décadas de nossos profissionais, com os quais compartilho o prêmio”, ressaltou.

Coelho ainda prestou uma homenagem a memória a seu pai, entusiasta da pecuária brasileira. “Ele sempre acreditou que a ciência era o único caminho possível para se chegar à uma pecuária de resultados. Acredito que esta premiação é uma prova de que o meu pai escolheu o caminho correto para contribuir com o engrandecimento da pecuária nacional”, afirmou Eduardo.

Prêmio

Caco Alzugaray, diretor presidente da Editora Três, afirmou que o prêmio é uma homenagem a excelência do agronegócio brasileiro. “Esta noite iremos reconhecer esse trabalho. Parabenizar a todos que transformaram o agronegócio na nossa força motriz. Em nome da Editora Três e da revista Dinheiro Rural, agradeço aos protagonistas do setor”, afirmou.

Para o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Roberto Novacki, o evento valoriza o setor que está dando certo no Brasil. “É a locomotiva da economia brasileira. Basta lembrar que a agropecuária é responsável por um em cada três empregos gerados no país, quase 50% das exportações brasileiras , além de produzir produtos de alta qualidade  que estão presentes em mais de 50 países”, afirmou.

Segundo ele, o Mapa trabalha para retirar as travas que ainda atrapalham o desenvolvimento do agronegócio.

“Por isso lançamos o Agro Mais, um plano de modernização e desburocratização do Ministério da Agricultura que já resolveu mais de 800 gargalos que atrapalhavam os movimentos do setor, mas isso só foi possível porque trabalhamos de mãos dadas com o setor produtivo” garantiu.

Ele revelou que no próximo dia 12 será lançado o programa de compliance do Ministério da Agricultura, que irá certificar empresas do setor que ajam em conformidade com boas práticas de gestão.

Por Renato Ponzio Scardoelli

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com