Inovações de genética da Semex na Expozebu 2019

Novo catálogo virtual de touros de corte é uma das novidades que a empresa apresentará durante a feira.

Com a expectativa de receber visitantes de mais de 20 países entre os dias 27 de abril e 5 de maio, a ExpoZebu 2019 deve impactar positivamente o segmento de genética bovina. Tanto pecuaristas brasileiros quanto estrangeiros sempre aproveitam o maior evento de pecuária zebuína para conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas para melhorar a qualidade genética do rebanho e definir em que tipo de animal investir. Segundo o gerente de Corte da Semex Brasil, Antônio Carlos Sciamarelli, o zebu brasileiro vem apresentando bons resultados a campo, viabilizando a produção de carne no País. “O mercado está em busca de animais melhoradores, com avaliações genéticas confiáveis para as características econômicas que mais impactam positivamente a produção de carne de qualidade. E o trabalho de seleção das raças zebuínas no Brasil tem caminhado nessa direção, com touros de grande fertilidade e precocidade”, explica Sciamarelli.

Para os 100 anos da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), que serão comemorados na ExpoZebu 2019, a Semex preparou o lançamento do Catálogo Virtual de Touros de Corte. O material trará 45 touros de várias raças, com novas avaliações genéticas, além de reprodutores contratados recentemente pela central. A expectativa é que passem pela Casa da Semex, no Parque Fernando Costa, em Uberaba/MG, pecuaristas de vários países, que conhecerão as novidades do catálogo e as soluções tecnológicas que a empresa disponibiliza.

O gerente de Produtos Leite Tropical da Semex, Christian Milani, destaca que a demanda por sêmen das raças zebuínas na pecuária leiteira continua aquecida e deve ampliar após a divulgação do resultado do Teste de Progênie ABCGIL/Embrapa e do Sumário de Guzerá durante a ExpoZebu. “Essa entrada de novos animais provados é  importante, pois sinaliza ao mercado a preocupação do Brasil com uma pecuária mais produtiva e sustentável”, diz Christian.

Segundo o gerente de Exportação da Semex, Mário Karpinskas, as exportações de sêmen e de embriões também são impactadas por esse aumento de touros provados. “As vendas para as Américas Central e do Sul continuam aquecidas. Agora, estamos trabalhando também a entrada da genética brasileira de forma mais consistente em mercados como a África e o Sudeste Asiático”, diz Mário. A Casa da Semex na ExpoZebu 2019 funcionará durante todos os dias do evento.

Sobre a Semex – O Grupo Semex, há mais de 35 anos no mercado, carrega o conceito de ser uma fonte de soluções completas em genética bovina. No Brasil, é composto pela central de comercialização, exportação e importação de sêmen Semex Brasil, a central de coleta e industrialização de sêmen Tairana, a central de produção e prestação de serviço Cenatte Embriões e a SRC Supply, que comercializa equipamentos para IA e saúde animal.