Grupo Publique

Juliano Sabella é ‘Zootecnista do ano’ escolhido pela ABZ!

O zootecnista Juliano Sabella, parceiro de trabalho do Grupo Publique, amigo e mentor do time de comunicação da mais antiga e tradicional agência nacional do Agro, é um dos sete profissionais destacados na lista dos “Zootecnistas Mais Influentes de 2023”, escalada pela diretoria da Associação Brasileira de Zootecnia (ABZ).

O profissional será condecorado pelo título no próximo mês de maio, durante o Zootec 2024, em Chapecó (SC). A premiação da ABZ destacou expoentes de uma das áreas mais relevantes da pesquisa e da produção animal que atuam, individualmente, junto da iniciativa privada ou do setor público. Nosso colega que tem raízes no campo, com origem em família de produtores rurais apaixonados por animais e fazenda, nunca duvidou dos caminhos que desejava trilhar em sua vida.

Ele se preparou bastante para ingressar e graduar na Universidade Federal de Viçosa, mesma escola em que se especializou no tema gestão. Os estudos relacionados a marketing foram desenvolvidos na ESPM. Sabella atua há mais de duas décadas no setor de nutrição animal com trajetória de destaque e muitas contribuições relevantes ao mercado.

Para ele 2024 já é considerado um marco de mudanças e novidades, pela condecoração da ABZ, pela transferência do cargo de presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais, ASBRAM, ao seu sucessor e pelo desenvolvimento de novos projetos de trabalho. A opinião do Dr Juliano Sabella sobre os caminhos da Zootecnia, da Pecuária e da produção tecnológica de proteína animal para o mundo é esclarecedora e fundamental.

1- Em sua opinião qual a relevância dessa profissão na atualidade?

Juliano Sabella: A relevância é muito grande, a nossa pecuária tem muito a evoluir e o zootecnista tem todas as credenciais para contribuir com essa evolução. Temos tecnologias de ponta e revolucionárias, que são viáveis, mas que não atingem todo o mercado. Como a suplementação mineral, por exemplo, o que produzimos no Brasil hoje, só é suficiente para suplementar corretamente, 43% do nosso rebanho. Alguns produtores desconhecem o seu benefício e muitos utilizam de maneira incorreta. Como essa, várias outras ferramentas em genética, sanidade, manejo, gestão, podem melhorar nossa produtividade e eficiência. O zootecnista é um profissional que atua no desenvolvimento e difusão dessas tecnologias, necessárias por tornar o agronegócio a potência atual e fazer com que a sua relevância seja a cada dia maior.

2- Quais os grandes desafios para os profissionais da área?

São vários desafios que temos que superar. No Brasil, com suas dimensões continentais, as realidades regionais são muito distintas, e encontrar a melhor solução para cada uma delas é uma tarefa árdua. Outro ponto importante é ter agilidade para se adaptar as mudanças de mercado. Os planejamentos de médio e longo prazos, com certeza serão impactados por fatores que não foram previstos anteriormente, e realizar as correções necessárias, com agilidade, é fundamental para garantir a sustentabilidade econômica do negócio.

3- O que representa para você essa homenagem que recebeu?

Representa muito, como sempre quis ser zootecnista, é uma grande honra receber esse reconhecimento da Associação Brasileira de Zootecnistas. Dá mais energia e entusiasmo para continuar o meu trabalho, já que mostra que todo esforço e dedicação nos 24 anos de profissão, contribuíram com a pecuária e agronegócio brasileiros. E agora a responsabilidade aumenta em continuar ajudando, dia a dia, o crescimento deste setor que é tão importante para o país e para o mundo.

4- Quais conselhos pode dar para quem está escolhendo uma carreira ou já estudando

É sempre difícil dar conselhos, mas vou destacar alguns, lembre-se que a zootecnia estuda a criação e produção animal, mas nosso campo de trabalho é muito mais amplo e complexo, precisamos entender gestão, de negócios e principalmente de pessoas. Busquem conhecimentos extracurriculares e ferramentas que vão contribuir para o desenvolvimento mais amplo de sua área de atuação, isso com certeza te fará um profissional mais completo e com maior capacidade de impactar positivamente nosso agronegócio e, consequentemente, o mundo.