LANDAU DA DI GENIO é premiado no Nelore FEST

Touro foi Medalha de Prata nas categorias Melhor Reprodutor Nelore e Melhor Reprodutor Nova Geração Nelore em evento que festeja a raça.

A Villa Vérico, em São Paulo (SP), foi o local escolhido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) para a realização da 19ª edição da Nelore FEST, conhecida como o Oscar da Pecuária, no dia 17 de dezembro. E o touro revelação LANDAU DA DI GENIO foi eleito Medalha de Prata nas categorias Melhor Reprodutor Nelore e Melhor Reprodutor Nova Geração Nelore.

“Esse prêmio nos enche de orgulho. É mais um reconhecimento à seriedade do nosso trabalho e à importância do LANDAU no cenário nacional, na produção de carne dentro da raça Nelore e do agronegócio”, comemora Antonio Aurico, gerente do Nelore DI GENIO.

Com apenas cinco anos de idade, LANDAU já é um fenômeno: filho de Brado da Santa Marina em vaca Fajardo crioula da DI GENIO, o jovem reprodutor conta, até o momento, com mais de oito mil filhos com RGN (Registro Geral de Nascimento) da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e um total de 14.815 filhos comunicados. Atualmente, o touro está em coleta na CRV Lagoa.

O troféu foi recebido por Amândio Salomão, acompanhado da esposa Tereza, e Gustavo Machado, em nome da Agropecuária XUAB e do Nelore DI GENIO. Durante a última Expogenética, em um leilão disputadíssimo realizado no dia 29 de abril, o pecuarista Amândio Salomão adquiriu 50% do touro LANDAU, que foi valorizado em mais de R$ 2,5 milhões.
A entrega dos prêmios da Nelore FEST teve casa lotada, com a presença de cerca de 430 pessoas, entre criadores, selecionadores, invernistas, confinadores e representantes das indústrias de insumos e de frigoríficos brasileiros.
Sobre o Nelore DI GENIO

Marca reconhecida na produção de touros eficientes, frutos de acasalamentos direcionados e de seleções que identificam promessas da raça, o Nelore DI GENIO também investe em um ótimo manejo e ambiente tranquilo e saudável em todos os espaços do criatório. Com forte pressão de seleção em fertilidade e habilidade materna nas fêmeas, e circunferência escrotal e ganho de peso nos machos, a genética DI GENIO mantém reprodutores nas principais centrais de inseminação do Brasil: LANDAU, LANCHUDO, ORÁCULO e ORPHEU, em coleta na CRV Lagoa; LOGAN, OLDPARR, EFEITO e OPOSITOR, na Alta; JOVEM, na Semex; e JAZIGO, na ABS. Vários touros do criatório foram selecionados pelo Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens (PNAT), como o NEPAL (2017) e o OBAMA (2018).
Com propriedades nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia, o Nelore DI GENIO participa das principais provas nacionais de ganho em peso a pasto e dos programas de melhoramento genético PMGZ/Geneplus e PAINT (CRV Lagoa), com o objetivo de produzir animais duplamente certificados. Todo esse trabalho reflete na excelente padronização dos animais.