Leilão do Adir tem campanha da Publique

Parceria de quase trinta anos se renova no 29º Leilão do Adir, evento que oferta Genética para qualquer sistema de seleção: totalmente a campo, nos diversos níveis de intensificação em confinamento e para quem deseja alta performance nas pistas

O Grupo Adir, conduzido pelos pecuaristas Adir do Carmo Leonel e seu filho, Paulo Leonel, promove seu tradicional leilão do ano no dia 3 de agosto, uma sexta-feira, a partir das 10 horas da manhã, na Estância 2L, em Ribeirão Preto, com transmissão ao vivo pelo Canal Rural e comandado pela Central Leilões. Pecuaristas do Brasil inteiro vão ter a possibilidade de utilizar o dia de trabalho para investir na melhoria de seus rebanhos, aproveitando este novo formato de leilão presencial em dia útil, como uma atividade fundamental para os negócios da fazenda. O leilão terá uma oferta restrita de apenas vinte lotes. Touros para central e repasse de rebanho, além de doadoras e futuras doadoras.

Adir e Paulo estão celebrando quase três décadas de parceria com o Grupo Publique, empresa que vai cuidar de todo o projeto de criação em propaganda e marketing para o evento. “Trabalhamos com a Publique esse tempo todo porque ela é uma empresa idônea, séria, com profissionais competentes, que transmitem confiança, amizade e seriedade ao setor. E, logicamente, por toda a história do Carlão, uma pessoa que respira agronegócio há mais de trinta anos e tem paixão pelo que faz. O mundo está cheio de nota sete. Precisamos de mais gente nota dez. O Carlão é nota dez”, afirmou Paulo Leonel.

O NELORE ADIR é um trabalho de quase sessenta anos que busca animais adaptados à realidade brasileira e faz o resgate das linhagens puras e produtivas dos grandes importadores, como Rubico Carvalho, Durval Garcia de Menezes e Torres Homem Rodrigues da Cunha, que formaram o plantel da grande maioria dos criadores no Brasil.

Com trabalho seletivo de gado PO, realizado em Nova Crixás (GO), e, também, um criterioso trabalho de cria, recria e engorda na mesma propriedade, o Grupo trabalha com um rebanho criado e selecionado a pasto e que preserva todas as características funcionais inerentes à raça Nelore, como rusticidade, facilidade de parto, habilidade materna e linha de dorso ampla e plana, além de aprumos corretos. Adir mantém o plantel fechado em linhagens indianas puras desafiadas a pasto, sem uso de artificialismos na dieta, mas com alta resposta à nutrição, indo bem em qualquer manejo, desde os mais rústicos até os de maior nível de intensificação.

Isso tudo, associado a mais de meio século de melhoramento genético, resultou em animais consistentes e padronizados. “O Nelore Adir é versátil, com excelente resposta no ganho de peso, em qualquer sistema de seleção, seja totalmente a campo, nos diversos níveis de intensificação em confinamento, seja para os criadores que querem alta performance nas pistas. Cai como uma luva para todo perfil de produtor. É uma marca que oferta animais adequados exatamente ao que o criador quer comprar”, argumenta o pecuarista.

É justamente esta versatilidade, reforçada no trabalho do Nelore Adir, que sustenta a posição firme de Adir e Paulo em torno de um só Nelore como perfil para o sucesso da Pecuária Brasileira. “O Nelore é um só. Não há duas linhas. Não existe o Nelore de pista e o Nelore de número. O que vale é a funcionalidade. E, sem o olho do criador, você não chega nessa funcionalidade. Portanto, não vai a lugar nenhum. É uma raça única, feita sob medida para o Brasil. Foi este Nelore que fez o País ser o maior exportador de carne do mundo. Pecuária de verdade não se faz com probabilidades. É feita com realidade. Prova disso é a busca incessante pela nossa genética, tanto no mercado nacional quanto internacional, e seus excelentes resultados nos testes de rendimento, acabamento de carcaça e qualidade de carne. Eu enxergo um futuro da pecuária de corte promissor para quem partir para um animal rústico, adaptado, um boi verde que vai ser o diferencial do País” defende Paulo Leonel.

E os resultados apresentados ao longo dessas décadas chamaram a atenção de projetos pecuários reconhecidos em todo o Brasil, como a Agropecuária Nova Piratininga, uma propriedade de 135 mil hectares em São Miguel do Araguaia (GO), e a Fazenda Conforto, em Nova Crixás, o maior confinamento do Brasil, com mais de 100 mil animais comercializados por ano. “Neste leilão, a pecuária brasileira pode esperar o que sempre fizemos: inovar com tradição. É um leilão para mostrar o foco do nosso trabalho. Somos muito exigentes. É por isso que os frigoríficos e confinadores estão de olho no nosso negócio, bonificando a nossa genética, baseados no que a gente produz e no resultado que ele tem na prática. A Genética Adir mostra a realidade. Mostra o que produz, nos pastos e no gancho”, aponta Paulo Leonel.

“O frigorífico MasterBoi optou pela genética Adir por conta de sua tradição e preocupação com animais funcionais e padronizados. A consistência genética permite que os bezerros sejam desmamados com custos menores, para o invernista atingir os níveis desejados. É por isso que a MasterBoi bonifica os produtos oriundos da genética Adir”, declara Amaro Rodero, diretor executivo da empresa.

Além da premiação oferecida pela MasterBoi, os produtores ainda se beneficiarão do alto valor genético das fêmeas que ficaram para compor o rebanho, incorporando muita habilidade materna e docilidade ao plantel.

SERVIÇO

29º LEILÃO DO ADIR
* Dia 3 de agosto de 2018 | A partir das 10 horas da manhã
* Estância 2L – Ribeirão Preto (SP) | Rodovia Antônio Duarte Nogueira, KM 317
* Transmissão ao vivo pelo Canal Rural
* Leiloeira: Central Leilões | (18) 3608-0999
* Informações: (16) 3637 3698 | (16) 3919 5660

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com