Mais material genético (sêmen e embriões) para o Panamá

Veterinários do País estão no Brasil para ampliar a importação de material genético bovinos

Uma missão de veterinários do Panamá inicia nesta segunda-feira, 21 de novembro, uma série inspeções para ampliar as compras de material genético bovino (sêmen e embriões) do Brasil.

Segundo a responsável pela coordenação de Trânsito e Quarentena Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Judi Maria da Nóbrega, o grupo permanece no país até o dia 27 e deverá visitar propriedades, centrais de coleta e de processamento de material genético, e conhecer o serviço veterinário oficial. Os estados que serão visitados são Minas Gerais, São Paulo e Goiás.

A coordenadora prevê que as exportações deste material deverão ser ampliadas consideravelmente, pela necessidade do produto por parte dos panamenhos, e porque será simplificado o acordo sanitário existente entre os dois países, facilitando o comércio.

A exportação de material genético gera receita de exportações, sendo estratégica do ponto de vista sanitário, zootécnico e genético. O interesse panamenho revela  reconhecimento do alto padrão sanitário no Brasil,  destacou Judi da Nóbrega.

Além disso, o potencial genético e zootécnico dos nossos animais contribui para melhorar rebanhos estrangeiros, tanto na produção de carne como de leite, principalmente nos países em desenvolvimento.

Fonte: Mapa
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com