Mega Carpa entre os melhores Leilões de 2015

A Carpa Serrana sempre foi uma empresa inovadora. Foi à primeira do Brasil a fazer Transferência de Embriões, foi a primeira a realizar abates técnicos na raça Nelore e foi a primeira a utilizar receptoras nelore em seus programas de FIV e TE. Agora, ela inova mais uma vez, investindo firme num programa de integração lavoura e pecuária. Como reflexo desta última inovação, a empresa mudou sua pecuária e deixou de fazer o ciclo completo focando seu negócio na produção de bezerros de corte de alta qualidade genética, 100% Nelore. Em setembro passado, em mais um lance inovador, foi realizado na Fazenda Cibrapa em Barra do Garças, o Primeiro Leilão neste novo conceito, vendendo toda a sua produção anual de bezerros num horário para lá de inovador, das dez da manhã ao meio dia. Resultado: não deu pra quem quis. Os 2.973 bezerros ofertados tiveram extraordinária liquidez e preços super valorizados, mostrando uma tendência: a de que investir em genética de qualidade dá retorno garantido. Como mostrou, aliás, o estudo feito pela ABCZ em parceria com o CEPEA, USP. Segundo os especialistas, investir em genética de ponta é o caminho mais rápido e eficiente que o produtor tem para lucrar mais.

A euforia era grande durante o evento. Os empresários Paulo Horto e Lourenço Campo, donos da Programa e da Central Leilões, respectivamente, eram unânimes em afirmar; “o leilão de bezerros da Carpa já é um dos melhores Leilões do Ano na pecuária”. Os números finais atestaram a euforia dos dois. Média de R$ 1.841,00 para os quase três mil bezerros ofertados, o equivalente a 14@ de boi ou nada menos que R$ 8,37 o kg vivo. Um resultado que faz jus a afirmação do Senador Ronaldo Caiado de que a próxima década será a DÉCADA DA PECUÁRIA. Os maiores compradores dos bezerros foram Kiko Quagliatto, Paulo Abreu e Wellington Zucatto, três dos maiores pecuaristas do Brasil, o que atesta a força e o vigor da pecuária. 70% das vendas do gado de corte foram realizadas pelo Canal Rural, mostrando a alta adesão ao uso das tecnologias de comunicação por parte dos grandes pecuaristas. Ao final do pregão da manhã e muito antes do almoço, o Mega Carpa já tinha faturado 5.473,800,00.

Durante o intervalo do Leilão, Duda Biagi fez uma justa homenagem a três grandes profissionais do agro, responsáveis pelo abate técnico realizada há 20 anos na Cibrapa. Alexandre Jacewicz, José Barbosa dos Anjos e Antônio Sérgio Marques Teles Lobo foram às lágrimas e impactaram o público presente com muita emoção.

Eduardo Biagi, Marcão, gerente da Fazenda Cibrapa e os homenageados.

Após a homenagem, entrou na pista os 145 touros para passar pelo martelo do leiloeiro Adriano Barbosa. Ao final da tarde, nada menos que 37 compradores de vários Estados do Brasil lançaram e levaram para a casa a genética valorizada dos touros da Carpa por uma média de R$ 9.926,00, fechando uma fatura geral de mais R$ 1.444.320,00. O maior comprador da tarde foi Antonio de Pádua Barros Cardoso, que voltou a comprar genética Carpa, já que no ano anterior também havia sido o maior comprador. Ele levou uma carga fechada de 18 reprodutores.

Já o tradicional pecuarista Carlito Guimarães levou para sua fazenda Reata o lote mais valorizado do evento, o touro Exótico da Carpa, um filho do Lufo em vaca Back-Up.

“O leilão foi magnífico. Um reconhecimento dos nossos 44 anos de seleção com foco no conceito 100% Nelore. Só temos a agradecer pela confiança e vamos seguir investindo com força na raça, que é o resumo da pecuária brasileira” afirma Eduardo Biagi.

Reportagem: Carlão da Publique

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com