NeloreCEN é destaque na DBO com trabalho do Grupo Publique

Nelore CEN dissemina genética para sete Estados.
Cadu Novaes negociou machos e fêmeas Nelore, Sindi e Quarto de Milha

Na tarde de 22 de abril, o pecuarista Carlos Eduardo Novaes abriu as portas da Fazenda Crioula, em Valparaíso, SP, para o tradicional Leilão Nelore CEN. O criador colocou à venda touros e matrizes procedentes de mais de cinco décadas de seleção no Nelore e também animais Sindi e equinos Quarto de Milha.

Com os animais em pista, os touros Nelore foram destaque registrando o preço médio de R$ 10.238. Na cotação do dia, o valor é equivalente a 74,1 @ de boi gordo para pagamento à vista na praça de Araçatuba (R$ 138/@). Já nas fêmeas, a média foi de R$ 5.600.

Todos os animais saíram com avaliação do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (PMGZ); e Nelore Brasil, da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP).

No Sindi, a média dos machos foi de R$ 6.840, enquanto as matrizes saíram a R$ 4.464.

Por fim, o Quarto de Milha gerou algumas das principais disputas do remate. Os machos foram vendidos ao preço médio de R$ 10.000 e as fêmeas a R$ 13.440. Entre elas estava o animal mais valorizado do pregão, uma égua que foi vendida por R$ 19.200 para Valdomiro Poliselli Júnior, da VPJ Agropecuária.

No geral, o remate contou com a participação de 26 compradores de sete Estados diferentes.

A organização do evento foi da Central Leilões e a transmissão foi do Canal do Boi. A captação de lances foi conduzida pelos leiloeiros Lourenço e João Campo e os pagamentos foram fixados em 24 parcelas.

Fonte: Portal DBO