Personalidade ABC |Antonio Roque

Prof. Dr. Antonio Roque Dechen é Sócio Emérito da ABC

Antonio Roque Dechen é engenheiro agrônomo formado Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), turma de 1973 e foi admitido como F-65 honorário em 13 de outubro de 2000. É casado com a engenheira agrônoma Sonia Carmela Falci Dechen, pesquisadora do Instituto Agronômico.

Dechen é professor titular da Esalq no Departamento de Ciência do Solo (1993). Foi vice-reitor da instituição (1995 a 1999) e seu diretor (2007 a 2010), quando assumiu a vice-reitoria executiva de Administração da Universidade de São Paulo (USP) até 2013.

Pela Esalq ainda possui mestrado (1979) e doutorado (1980) nas áreas de Solo e Nutrição de Plantas, e Livre-Docência (1990). Foi pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) de 1975 a 1981, e membro da Comissão de Planejamento da USP (2008 a 2010). É coordenador do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Bioenergia e Sustentabilidade (NAPBS) da USP e diretor presidente da Fundação AgriSus. Também ocupa a presidência do Conselho Científico de Agricultura Sustentável (CCAS) e é membro do Conselho Superior do Agronegócio da Fiesp (Cosag) e do Conselho de Notáveis do Prêmio Brasil Agrociência da Agrishow.

Foi ainda diretor presidente da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) de 1999 a 2006, conselheiro do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) de 2001 a 2003 e seu vice-presidente em 2003. Também foi membro da diretoria da Associação Brasileira de Educação Agrícola Superior (Abeas) de 1999 a 2004; da Comissão Executiva das atividades concernentes aos 70 anos de criação da Universidade de São Paulo, em 2004; e coordenador do projeto Qualiagro entre a Fealq-ABAG e o Finep, para definição dos marcos regulatórios das cadeias produtivas da soja e da carne.

Foi homenageado pelo reitor da Universidade de São Paulo, professor Roberto Leal Lobo e Silva, como docente de relevante desempenho no ano de 1991. Também foi membro da Câmara de Agronomia do CREA-SP (1998 a 2000); vice-coordenador do Fórum de Ensino do CREA-SP (1998 a 2000); presidente da Comissão de Educação do Confea (2001 a 2003); vice-chanceler da Comissão do Mérito do Confea (2003); coordenador do curso de pós-graduação em Fisiologia e Bioquímica de Plantas (1994 e 1995); vice-presidente da Comissão de Pós-Graduação da Esalq-USP (1992 e 1993); presidente da Comissão de sesquicentenário de nascimento Luiz de Queiroz; presidente da Associação dos Ex-Alunos da Esalq (gestões 1984/1985, 1987/1988 e 1990/1991); presidente da Comissão de Cultura e Extensão da Esalq (1995 a 1999); conselheiro da Sociedade Brasileira de Ciência de Solo (SBCS), de 1996 a 2000; e membro do Núcleo de Assessores em Tecnologia Inovação (NATI) do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq).

Antonio Roque Dechen é personalidade de distintas homenagens. Recebeu a Medalha Paulista de Mérito Científico e Tecnológico do governo do Estado de São Paulo, em 2001; a Medalha de Mérito do Sistema Confea-CREA, em 2005; foi intitulado o Agrônomo do Ano de 2006 pela Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (AEASP). Recebeu ainda o título de Cidadão Piracicabano em 2007; e o Prêmio IAC como destaque na área de Ensino em 2007.

Tem experiência no campo da Agronomia, com ênfase em Nutrição Mineral de Plantas, atuando principalmente nos seguintes temas: Análises Químicas e Avaliações do Estado Nutricional de Plantas. Publicou 82 artigos em periódicos, oito livros, 38 capítulos de livros, e orientou 18 dissertações de Mestrado e 17 teses de Doutorado. Em 2015, Dechen é referência entre as 100 personalidades mais influentes do agronegócio brasileiro, na categoria Universidade e Pesquisa, segundo a revista “Dinheiro Rural”, edição de outubro último.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com