Personalidades do Agro são laureadas pela ABC

A Associação Brasileira de Criadores (ABC), realizou na noite de segunda-feira, 07/12, no Anhembi Tênis Clube, em São Paulo, a 14ª edição da entrega do Prêmio ABC às personalidades que se destacaram em 2015 em seis diferentes categorias (Pecuária Corte, Pecuária Leite, Mídia, Ensino/Pesquisa, Associativismo e Personalidade do Ano), além da nomeação de um novo sócio emérito, eleito pela diretoria da entidade.

O presidente do conselho de administração da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, abriu o evento lembrando a todos que, além da entrega das premiações aos homenageados, a noite também marcou mais um ano da história da entidade. “É uma honra e um grande prazer estar aqui na presença de todos vocês, minha família, amigos e colegas de longa data, celebrando os 89 anos da ABC em uma noite tão especial. Ver aqui tantas personalidades do agro reunidas é motivo de muita satisfação e também a sensação de que nossa associação tem feito um grande trabalho”, disse Luiz Alberto antes de passar a palavra ao mestre de cerimônias para dar início às premiações.

A mesa da solenidade foi composta pelo ex-ministro e presidente do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Academia Nacional de Agricultura, Roberto Rodrigues; o diretor da Fiesp e também conselheiro da ABC, Carlos Eduardo Moreira Ferreira; o secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, representando o governador do Estado, Geraldo Alckmin; Fernando Penteado Cardoso, presidente honorário da Agrisus; João Carlos Meirelles, secretário de Minas e Energia do Estado de São Paulo; e o diretor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), Luiz Gustavo Nussio.

O primeiro da noite a ser homenageado pela ABC, e o mais jovem em 14 edições do prêmio, foi Bento Abreu Sodré de Carvalho Mineiro, diretor das Fazendas Sant´Anna e conselheiro da Rural Jovem, da Sociedade Rural Brasileira (SRB), que foi o escolhido na categoria Pecuária de Corte. Após receber o prêmio das mãos de seu pai, Jovelino Mineiro, e do sócio da ABC, Luiz Antônio Porto, Bento Mineiro destacou a importância da homenagem.

“Obrigado pela premiação; e já adianto que recebo essa homenagem como mais um estímulo, pois, considerando os outros que serão agraciados durante o evento, vejo que muito ainda tenho que fazer pelo agronegócio brasileiro. Espero ser o primeiro de muitos jovens a receber essa homenagem”, comemorou Bento Mineiro.

Outro homenageado foi o empresário Carlos Alberto Pasetti de Souza, um dos administradores da Fazenda Colorado, maior produtora de leite do País, e da Grupasso S/A, que recebeu o prêmio na categoria Pecuária de Leite. A honraria foi passada às mãos de Souza pelo secretário de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim e pelo conselheiro da ABC, Carlos Eduardo Moreira Ferreira. “É com imensa satisfação que recebo essa premiação da ABC, praticamente um ano após estar aqui acompanhando a entrega dessa mesma honraria ao meu pai, Lair Antônio de Souza, que foi quem começou tudo isso. Fazer parte dessa história e ser reconhecido por uma entidade como a ABC, que não mede esforços para colocar a pecuária em um patamar de destaque no agronegócio brasileiro e internacional, é muito gratificante”, ressaltou Souza.

O jornalista e diretor de redação da Revista Globo Rural, Bruno Blecher, escolhido do ano na categoria Mídia, recebeu o prêmio das mãos do secretário do Estado de Minas e Energia de São Paulo, João Carlos Meirelles, e do jornalista Carlos Alberto da Silva, do Grupo Publique. “O agronegócio é uma coisa magnífica, pois nós, que trabalhamos com informação, temos uma área muita ampla para explorar. Um dia estamos falando sobre agricultura, no outro, sobre genética, economia, meio ambiente, enfim, toda hora estamos mudando de assunto, mas dentro do mesmo setor. E isso nos permite fazer jornalismo, algo muito difícil nos dias de hoje”, comentou. “Por isso, gostaria de dividir essa premiação a redação da Globo Rural e também com a minha esposa, que foi quem me ajudou a chegar aqui.”

Já o engenheiro agrônomo e professor doutor titular do Departamento de Zootecnia da Esalq, Moacir Corsi, foi o escolhido pela ABC como destaque na categoria Ensino/Pesquisa. Sumidade quando o assunto é pecuária moderna e pastagens eficientes, Corsi, após receber o prêmio das mãos do conselheiro da ABC, Roberto Rodrigues, e do presidente executivo da Fundação Agrisus, professor dr. Antônio Roque Dechen, enfatizou sua relação com a entidade e também sobre o futuro do agronegócio.

“A parte mais gratificante das recompensas e a realização de um profissional, é o reconhecimento pelo seu trabalho, e fazer parte da relação dos homenageados da ABC é uma honra. A Associação tem uma importância muito grande no sentido de agregar informações, difundi-las e, através de análises e massas críticas criadas a partir disso, podemos ter um desenvolvimento ainda muito maior do que existe hoje”, disse.

Corsi contou que sua relação inicial com a ABC se deu através da Revista dos Criadores. “A partir daí, fomos estreitando nosso relacionamento e hoje somos parceiros e difusores de conhecimento para o crescimento do setor.”

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, também homenageado na 14ª edição da entrega do Prêmio ABC, recebeu das mãos de José Roberto Ferreira Martins, e do conselheiro da ABC, Roberto Rodrigues, o prêmio na categoria Associativismo. Freitas destacou que, além da honra pela indicação e da sua identificação com a Associação, a premiação demonstra uma característica muito importante do cooperativismo, que é a de unir forças e compartilhar resultados.

“Um reconhecimento desse nível nos credencia a continuar buscando melhoria contínua de políticas públicas que possam contribuir para que o cooperativismo continue fazendo muito mais. A inserção pela prática do empreendedorismo e do trabalho conjunto na sociedade beneficia um número muito maior de pessoas, e essa é a nossa batalha diária”, pontuou.

Finalizando a lista dos homenageados da noite, foi a vez do engenheiro agrônomo e presidente honorário da Fundação Agrisus, Fernando Penteado Cardoso, receber das mãos do presidente da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, e do diretor da Esalq, Luiz Gustavo Nussio, o prêmio de Personalidade do Ano 2015.

Em breve pronunciamento após a premiação, Penteado contou que foi perguntado sobre a importância da ABC. “Bem, uma associação que completa hoje 89 anos, é fato que ela tem sido muito útil e prestigiada por seus sócios e tem todos os motivos para continuar passando essa experiência oriunda da congregação de tantos criadores de renome que fazem parte da entidade. Tive e tenho, desde a década de 30, uma relação muito intensa com a ABC, desde de Virgílio Pena, na época, editor da Revista dos Criadores, por essa razão, me sinto muito lisonjeado com essa homenagem.”

Antes da entrega do certificado de sócio emérito, o presidente da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, fez um importante anúncio. “É com grande prazer que, após muito tempo de pesquisas e estudos, gostaria de fazer, oficialmente, o lançamento do livro da Associação Brasileira dos Criadores – A história da ABC desde 1926. O livro conta toda a trajetória da entidade e traz muito do que desenvolvemos para a pecuária nacional, em pesquisas, informações e conhecimento. Ao final do evento, todos receberão um exemplar para poder acompanhar nosso trabalho nesses 89 anos de história”, celebrou o presidente da entidade, que presenteou o presidente honorário da Fundação Agrisus com o primeiro exemplar da obra.

A última homenagem da noite foi feita ao professor dr. Antônio Roque Dechen da Esalq/USP, e presidente executivo da Fundação Agrisus, que foi eleito pela diretoria da ABC como sócio emérito da entidade. Dechen foi um dos principais contribuintes para o livro da ABC, doando vários exemplares da Revista dos Criadores que foram fundamentais para finalização do projeto.

Para agradecer a nomeação, Dechen destacou sua relação com a ABC e a importância da entidade. “Minha relação com a ABC é bem antiga. Conheço seus diretores, presidentes, inclusive há mais de 20 anos participo das premiações que a entidade promove. Fiquei muito honrado em ser lembrado e também muito feliz em poder contribuir com a associação no levantamento de bibliografias, dados e fazer uma interlocução entre a biblioteca da ABC com a biblioteca da Esalq, que culminou com essa obra de arte que é o livro que estamos vendo hoje”, enfatizou.

“Além disso, a ABC sempre teve e terá ainda mais, no futuro, uma importância fundamental para a evolução da pecuária nacional, na recuperação de pastagens, enfim, em todas essas ações que já estão fazendo com que essa atividade evolua e tenha uma produtividade sustentável, que é o que o mundo precisa”, finalizou Dechen.

 Após a entrega dos prêmios aos homenageados da noite pela Associação Brasileira dos Criadores, os convidados participaram de coquetel.

12289592_934222349948312_7692730842520034269_n

12294730_934244896612724_5038704088612169307_n

12345445_934244109946136_4170357555807248642_n

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com