Referência no nelore, seleção genética do Grupo Adir completa 57 anos

Em entrevista para os editores da revista Globo Rural Cassiano Ribeiro e Sebastião Nascimento, o pecuarista Paulo Leonel detalhou a história do Grupo Adir, cujo o trabalho de seleção genética de gado nelore PO completa 57 anos.

Em mais de meio século de atuação, o pai de Paulo, Adir do Carmo Leonel, firmou-se como um dos mais importantes e tradicionais criadores da raça nelore por desenvolver um gado que influenciou diversas gerações de pecuaristas: animais com fortes características raciais e produtividade provada em campo. Anos de trabalho com animais POI resultou em um plantel com forte consistência genética, ao mesmo tempo adaptado às necessidades brasileiras.

Em seu plantel estão algumas das linhagens mais puras e nobres dessa raça, cobiçadas pelos maiores criadores brasileiros.

“Nosso maior trabalho é manter a constância de animais excelentes, e assim, ajudar a pecuária brasileira. A raça nelore alçou o País ao posto de maior exportador mundial de carne bovina”, afirma Paulo Leonel.

Adir e Paulo são pecuaristas de profissão e atuam em todo o ciclo da atividade. Na região de Nova Crixá, no norte de Goiás, eles mantêm um rebanho de nove mil cabeças de gado de corte, que proporciona o abate de três mil cabeças por ano.

Nos 30 hectares da propriedade em Ribeirão Preto (SP) os criadores mantêm cerca de 500 cabeças de gado PO e realizam todo seu trabalho genético.

Durante a entrevista, Paulo lamentou a morte recente de Quanupur, touro que representou uma verdadeira mudança de paradigma na raça nelore. “É uma perda irreparável para nós, pois ele reunia todas as características que buscamos em um animal”, afirmou.

Ele foi o primeiro touro Nelore a superar a marca de 5% em marmoreio (índice que mede a gordura entremeada e que dá sabor à carne), resultado acima da média até mesmo de alguns europeus, comprovando que o zebu selecionado com competência também produz carne marmorizada, ou seja, muito saborosa e macia. Com escore 5,02%, o touro do Grupo Adir apresentou mais que o dobro do valor médio registrado na raça Nelore e deixou para trás nada menos que outros 500.000 animais avaliados, segundo Paulo.

Quanupur é filho de Jallad, touro mais erado do Grupo Adir em vaca Godavapi da 2L. O reprodutor foi vítima de uma enterotoxemia, doença que integra o grupo das clostridioses, mesmo sendo vacinado na Estância 2L e recebendo reforço semestral na Central Bela Vista. O clostridium, agente causador da enfermidade, está presente no ambiente e no próprio trato digestivo dos bovinos.

Leilão do Adir

Um dos mais tradicionais leilões do calendário da raça Nelore, o Leilão do Adir, na Estância 2L, acontece no dia 11 de agosto, em Ribeirão Preto (SP).

Segundo Paulo, a oferta deste ano vai atender a uma necessidade atual dos selecionadores por linhagens puras, a fim de refrescar o sangue do rebanho da raça Nelore. Para isso, vão ser leiloadas doadoras – bezerras, novilhas e vacas paridas – oriundas de um rebanho único no país e que durante seis décadas seleciona uma genética pura, priorizando os resultados a campo e não probabilidades.

A divulgação é do Grupo Publique.

Assista a entrevista completa clicando aqui.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com