Sindi Don no leilão: um peso pesado na seleção da raça

Eles começaram devagar e com cautela. Estudaram o mercado, a genética do rebanho e as possibilidades que a raça de dupla aptidão e de muitas qualidades zootécnicas evidenciava nos muitos sistemas de produção focados em cruzamento, ordenha e reprodução. Há pouco mais de oito anos iniciaram investimentos planejados e escalonados para reunir grandes mães que representavam as linhagens mais consistentes do Sindi selecionado no Brasil, e conseguiram! A abertura do Leilão Sindi Don 2023 comprovou o êxito da empreitada e o porquê de hoje o criatório ser conhecido como “A Casa das Grandes Campeãs”.

Com a bandeira do Brasil à frente, quatro doadoras, exclusivas ou trabalhadas em parceria, encheram o tatersal do Recinto Carpa e arrancaram uma longa sequência de aplausos do público presente. “Nós reforçamos o entendimento do que é a seleção do Sindi Don com todos os seus conceitos de trabalho. Deixamos explícita a imagem do gado que queremos e buscamos reproduzir. O resultado foi colhido com muito sucesso e mérito de toda a equipe. Agora já começamos a preparar o próximo leilão pois os desafios exigem ainda mais atenção na mesma medida que a expectativa desse mercado se eleva”, afirmou o selecionador Victor Biagi.

E essa foi a visão mais marcante do evento. As Grandes Campeãs Groselha, Campina, Glória e Baunilha, que juntas representam 6 títulos máximos, conquistados na pista mais pesada de todas as raças zebuínas, que é a de Uberaba, além da última nacional da raça, realizada em 2023, em Goiânia. “O palco estava maravilhoso pela qualidade das doadoras e de todos os animais escalados para o evento. Essa abertura com as Grandes Campeãs foi um fato épico do Zebu e nunca visto entre todas as raças registradas na ABCZ. O leilão entra para a história, definido também pela qualidade exibida em cada lote” disse o Gerente de Pecuária do Sindi Don, Luis Otávio Pereira Lima.

Quase 200 pessoas ocuparam seus lugares as mesas do recinto e durante todo o tempo do remate mantiveram em alto nível e com volume os lances em acirradas disputas. “O leilão foi um sucesso. Nós ficamos com aquela sensação boa de dever cumprido. Os convidados, a maioria criadores de Sindi, estavam todos muito animados. O pessoal surpreende, fica até o final vibrando, lançando, disputando os lotes e comemorando com os compradores. Tudo isso ajuda muito na valorização e mostra também um envolvimento geral em prol da raça. Realmente o Sindi tem uma família diferente!”, contou Silvestre Marinho do Carmo, da Connect Leilões, a coordenadora comercial do remate.

As médias tiveram uma evolução significativa em um ano. As 11 prenhezes e aspirações atingiram a média de R$ 46.009,09 enquanto os 25 lotes de fêmeas saíram pelo montante de R$ 71.716,00 registrando uma evolução de 150%. Os 20 reprodutores foram vendidos por R$ 20.700,00 de média o que refletiu um crescimento de 49%. No geral o Leilão Sindi Don 2023, o primeiro presencial entre as edições promovidas pelo criatório marcou no geral uma média de R$ 48.500,00 com 63% de alta em relação ao ano passado. “O leilão superou nossas expectativas. Tanto nas médias de cada categoria, quanto pela aceitação da genética do Sindi Don pelo mercado. Foi tudo organizado de maneira impecável pela equipe da Casa das Grandes Campeãs. Da preparação do gado, que começa à receptividade nesse primeiro evento presencial que já deixou saudade em todo mundo”, finalizou Geraldo de Souza Carvalho, da Carvalho Assessoria.

Sobre:
O Sindi Don é o criatório de Victor Borelli Biagi. O plantel foi iniciado há cerca de 8 anos com o objetivo de selecionar e promover o melhoramento genético da raça Sindi, focado na fixação de características raciais e de relevância econômica para a atividade pecuária do Brasil. O trabalho é conduzido em Serrana, interior de São Paulo. Como ferramentas de seleção a equipe utiliza programa de melhoramento, ultrassonografia de carcaça, teste para identificação de animais homozigotos para produção de leite A2A2, exames andrológicos e acasalamentos dirigidos por equipe de consultoria técnica de referência. O Sindi Don, além de várias doadoras consagradas como Grandes Campeãs de pista de julgamento, já conquistou premiação no PNAT (Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens) da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) se mantendo presente nos testes de Consumo Alimentar Residual e no Programa Zebu Carne de Qualidade, ambos da mesma entidade.