Grupo Publique

Tirso Meirelles recebido por Geraldo Alckmin

O presidente eleito da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP), Tirso Meirelles, reuniu-se em Brasília com o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, para discutir os problemas enfrentados pelos produtores paulistas, sobretudo com a quebra da safra de grãos, ocasionada pelos efeitos climáticos do El Niño. Representando os produtores e sindicatos rurais, Meirelles reivindicou condições especiais e renegociação dos financiamentos de custeio e investimento, além de flexibilização dos limites de crédito.

Para se ter uma ideia do alcance das perdas, apenas na região de Ourinhos houve uma redução de 20% da produtividade e em todo o estado produtores chegaram a ter perda de 50% de sua produção. Os dados foram levantados pela FAESP com sindicatos rurais paulistas, com colaboração da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI). Meirelles relatou ainda ao vice-presidente que a baixa qualidade do serviço de fornecimento de eletricidade no Vale do Paraíba tem impactado diretamente os produtores rurais.

O setor mais afetado é o que depende de refrigeração, como o de produção de leite e derivados. Assim, Meirelles reivindicou que os produtores tenham isenção de contas de eletricidade nos meses em que a interrupção for superior a oito horas. “Confiamos na intervenção decisiva do vice-presidente Alckmin para atender essas demandas cruciais e garantir o suporte necessário aos produtores rurais brasileiros”, afirmou o presidente eleito da FAESP.