Rastreabilidade na indústria alimentícia avança bem!

O avanço vertiginoso da venda de produtos orgânicos e um consumidor preocupado com alimentação, vida saudável e pautas ambientais estão promovendo o crescimento forte da rastreabilidade na indústria alimentícia do Brasil. Os processos de produção e de fornecimento podem ser controlados de forma totalmente automática e documentados continuamente. O Papo de Prateleira conversa com Allan Seckler, Gerente Regional de Vendas da ifm Electronic, empresa de origem alemã, presente em 180 países e com 25 anos de atuação no Brasil. Ele destaca que matérias-primas como frutas, vegetais e grãos podem ser rastreadas por meio de códigos únicos desde a saída da colheita até o cliente final. Confira!